OS MISTÉRIOS DOS DESEJOS FEMININOS

 “Além da sensação gostosa  de  um prazer indescritível, a origem do orgasmo no corpo da mulher é resíduo de um processo evolutivo de milhões de anos”- Departamento Médico da Universidade de Yale 

 São  recentes as pesquisas científicas relacionadas ao corpo feminino e suas possibilidades do Prazer Sexual. Hoje, já se sabe que existem substâncias hormonais que são secretadas pelo cérebro onde uma das funções é promover o orgasmo. Na  mulher podemos exemplificar a prolactina e ocitocina, hormônios facilitadores do parto e da produção do leite nas gestantes,  também  liberados no sexo  para estimulação do Orgasmo feminino. A natureza ajudando na evolução  da mulher, permite que em qualquer época do ano ela possa viver o Prazer Sexual, independente do processo de  ovulação.    Que generosidade!

cérebro e o prazer sexual

Tudo poderia acontecer sem complicações como ocorre com outras necessidades fisiológicas, como por exemplo beber água quando se tem sede ou comer quando se tem fome. Porém, quando se fala de sexo, a coisa não funciona com essa naturalidade, isto porque  desde criança as informações a respeito  da sexualidade são tão deturpadas que interferem na mente e no corpo, perturbando o ciclo da natureza sexual.

Uma educação rígida, situações traumáticas  e\ou de abuso sexual são problemas vividos, principamente  pelas mulheres, interferindo de forma negativa na hora do sexo e em outros segmentos da vida. Nessas situações a vivência sexual ao invés de promover  Prazer vai gerar sentimentos relacionados ao medo . Essas sensações vão liberar uma quantidade de adrenalina siginificativa na corrente sanguínea intensificando a ansiedade. Nesses casos o psiquismo corta a corrente de prazer com o  corpo, alterando  a cadeia hormonal e bloqueando a vivência do orgasmo.

Podemos dizer que isso é verdadeiro,quando temos quase 70% das mulheres que não chegam ao Orgasmo, na sua grande maioria por causas psíquicas. Porém,  esse comportamento  tem sido modificado ao longo do tempo. Hoje elas procuram tratamento para descobrir onde estão as causas da Anorgasmia (ausência de orgasmo).

O grande  número de mulheres que não conseguem viver o orgasmo está relacionado, na maioria das vezes, aos medos e repressões  vividos desde a infância. A mente é tão poderosa que chega a  modificar o metabolismo corporal  formando couraças  e bloqueios que fogem da consciência.

Ao chegar na vida  adulta, uma pessoa com esses bloqueios, não saberá lidar com a energia da sexualidade. Nesses casos o desejo e excitação geram perturbações, angústia e sofrimento. Quando recorrentes, podem  interferir no metabolismo corporal, podendo ocasionar depressão, cefaleas, pressão arterial, distúrbios alimentares, entre outras doenças psicossomáticas.

Uma mulher que sente vergonha do seu corpo, que não se toca na masturbação e que reprime seus desejos ao longo da vida, pode desencadear disfunções sexuais interferindo na cadeia hormonal, assim como ocasionar angústia ao sentir a vagina penetrada ou tocada, dificultando o processo natural  da sexualidade. Portanto,  repressão, tabus e  medos podem ser responsáveis  pelas perturbações sexuais que interferem  no  processo de saúde da mente e do corpo.

 Mente aprisionada, Corpo desconectado

 

Esse tema será abordado na minha palestra sobre Os Mistérios dos Desejos Femininos.

Se você ainda não se inscreveu, segue o link abaixo, é só clicar. QUEM JÁ SE INSCREVEU NÃO PRECISA FAZER NOVAMENTE

http://bit.ly/Palestra_Mistérios_Mulher

http://bit.ly/Palestra_Mistérios_Mulher

 

*Se quiser comentar ou tirar dúvidas escreva nos comentários abaixo ou no blogasmo@gmail.com

________________

Magali Marino – Psicóloga, Psicoterapeuta Corporal em Análise Bioenergética, Sexóloga e Mestra em Design Estratégico.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *